27 de novembro de 2008

Cuidado com o Death Note (Deati Notí)



Acho que todos nós temos um pouco de máscaras para disfarçarmos nossas reais fraquezas, as vezes fingimos quem somos para oculta-las!!! Vamos dar um exemplo bem básico de mim mesmo, apesar de meu real nome ser Vanderlucio, ele a mim ele soa como meu intimo. Um cara cheio de traumas e fraquezas, apesar de possuir qualidades ótimas, ainda é uma pessoa meio que descrente nas pessoas.

Dái veio o Demiris, pessoalmente eu gosto desse nome por ele não soar agressivo, é quase como um sussurro, este nome eu consegui num livro de romance do Sheldon, que era um vilão que eu precisava das qualidades. Atuando com esse pseudonome, parece que nada me abala, afinal Demiris nem existe... é só uma idéia. Não chega a ser uma dupla personalidade mas é um ótimo recurso pra quem não gosta do seu "jeito de ser".

Claro que acarreta problemas, chegar na minha casa e perguntar quem é Demiris, a menos que seja meu primo ou minha mãe, vai dizer... conheço não ou não mora aqui!

O próprio conceito de nomes é meio que segregador, já pensaram? Digamos que um tal de Edvando chegue em você e pergunte, o que é Hellsing? Intimamente você vai pensar "com esse nome nem sabe o que deve ser anime" e o menospreza! E se o próprio Edvando viesse a você se apresentando como Acalanata? Aposto que seu pensamento vai ser "deve ser um da geração machete desatualizado!!!

Ou até mesmo manter o nome e trocar apenas de sobrenome funciona, como vários casos que já presenciei: Hyuuga Cley, Luciano Uzumaki, etc... funciona também, mas eu acredito que seja mais admiração por certo personagem do que troca real de nome!

Já colocação de títulos não acho muito convincente para pseudonimo, já que deixa seu nome exposto, como Srta. Bruna, Lorde BSM (pseudonimo de um conhecido meu), e acho que algumas vezes me soa como egocentrismo... mas deixa pra lá... cada um com seu gosto, né Prima!!!

Uma coisa que notei, é o crescente colocação da particula japonesa "-chan" nos nomes originais! Tipo? Karina passa a se tornar Karin-Chan. Em si acho isso mais efetivo, pois muda a fonetica da palavra. Apesar de atualmente isso estar virando moda!

Uma coisa interessante é que o nome falso pode ganhar apelidos... novamente meu exemplo. Meu colegas ganharam a mania de me chamar de Dedé; sinceramente isso nem me incomoda, me soa mais como aceitação do meu nome... apesar de certas vezes ele complicar minha vida!

E outra coisa... acho que o nome escolhe você, não ao contrario. tipo, quantas vezes você colocou o nome de Anjo de (palavra de complemento), etc... e não deu certo?!

Agora vamos definir os casos que eu exemplifiquei...

Troca de nome completa não-reconhecidas: Vanderlucio (Demiris Ikarus) e Glauber (Arkanis Sin).

Troca de Nome Completa Reconhecida: Alexandre (Sanosuke) e Alex (Guts)
Redução de Nomes: Tathiane (Tathy) e Suu (Suellen)

Troca de Sobrenomes: Luciano Uzumaki e Diogo Metroid

Colocação de Titulos: Principessa Wanessa e Arthur, o Kira.

Nota Pessoal: Chamo todo mundo que eu conheço pelo pseudonimo que a própria pessoa escolheu, pois assim ela decidiu se chamar. E Cuidado com o Death Note...



Demiris Ikarus
(Sim, meu nome é Vanderlucio XD)

Um comentário:

  1. Lucy (de novo)29/11/08 14:47

    aaaah... e eu sempre fui "Lucy-chan", bem antes de virar moda. Só que eu não me apresento assim rs... As pessoas mais próximas é que usam o sufixo (como tem que ser, né?! rs)

    "Lucy" já virou meu nome pra muita gente. Mas eu adoroooo meu nome "oficial" (de batismo) tbm rsrs. Sem contar o "Lu", que é tão básico, tão comum... Mas eu acho tão fofo rs... Tão "eu" huahuahua...

    Bjos de novo!

    Ah, e não reclame, porque eu ainda abreviei o seu nome aí em cima! rs

    ResponderExcluir